terça-feira, 9 de junho de 2015

Ela sabe o caminho...

Ser mãe é ter estratégia. Talvez nós não nos damos conta das dezenas de estratégias que usamos para alcançar um objetivo ou resultado específico em relação aos nossos filhos.
Do plano para fazer o bebê dormir uma horinha a mais entre uma mamada e outra à preparação do melhor cafofo para ele se sentir aconchegado e dormir mais. Do método para inserir frutinha na alimentação ao desmame gradual do peito. Das estratagemas para sofrer menos de cólica, para aprender a engatinhar, ficar de pé e finalmente andar com segurança. Dos planos (sim, são vários) para dormir a noite inteira depois de 1 ano ao método para mudar da cama para o berço, para tirar a fralda, tirar a chupeta...
Esses são alguns exemplos que fazem qualquer mãe virar uma especialista em estratégia.
Pois bem, a minha última (digamos a última desses dias) é tirar a soneca da tarde de uma moçoila de 3 anos. Ao que parece, nesta idade, a criança não precisa mais dormir muito durante a tarde - precisa de um total de 10 a 12 horas de sono, preferencialmente à noite - e na maioria dos casos, tal soneca prejudica o sono noturno. De fato, acontece com Helena e ela está acordando muito cedo. A ver.
A minha estratégia no. 1 consiste em acordar a pessoa depois de 20 minutos de soneca (pensem no mau humor!). A estratégia no. 2 é aquela que não tem soneca e sim uma dormidinha no carro na volta do clube, do parque ou da escola (vcs conhecem essa, certamente!).
Pois bem, em minha opinião a no. 2 é a melhor, pois são aqueles 15 minutinhos que ela precisa para ficar feliz, com energia e comer bem no almoço - e que não atrapalham o sono da noite.
Vocês devem estar se perguntando para que tanto blá-blá-blá....
Vou lhes contar uma historinha rápida, prometo.
Eis que estávamos voltando da escola em um dia que ela estava exausta. A escola é perto de casa, então decidi, pela estratégia no. 2, virar em um rua para dar uma volta a mais e ver se ela dormia um pouco no carro. O ambiente calmo e silencioso foi interrompido por uma pergunta direta e reta:
[Ela] Mãe, por que você está fazendo esse caminho? Está errado!!
[Eu] Porque a mamãe precisa passar em um lugar antes de ir para casa, pode descansar um pouquinho se vc quiser. (tentando enganá-la)
[Ela] Mas, não é por aqui a nossa casa. (disparou a falar sem parar)
[Eu] Ok, ok, já já vamos pegar o caminho da nossa casa...
[Ela] Que maluco essa volta que você fez para chegar em casa... (e deu risada)

Resultado: estratégia no. 2 falhou e ela tirou a soneca depois do almoço (25 minutos). Acabou acordando mais cedo na manhã seguinte. Ou seja, estratégia no. 1 falhou também.
Conclusão: ela já sabe o caminho de casa
Próximos passos: pensar na estratégia no. 3

2 comentários:

CAROL disse...

Adorei seu blog Cris.
Parabéns

CAROL disse...

Adorei seu blog Cris.
Parabéns